5 fatores para avaliar em uma ferramenta RMM para o MSP moderno - Security Boulevard

5 fatores para avaliar em uma ferramenta RMM para o MSP moderno

Os provedores de serviços gerenciados (MSPs) estão se tornando cada vez mais importantes no setor de gerenciamento de TI. A função de um MSP não se limita a monitorar, gerenciar e manter os serviços de seus clientes; ele se estende a manter uma vigilância atenta sobre os desenvolvimentos diários e proteger proativamente as redes contra ameaças cibernéticas.

Para equilibrar todas essas responsabilidades, os MSPs precisam de soluções abrangentes de gerenciamento e monitoramento que possam atender a todas as suas necessidades. Para MSPs, a importância de uma solução de monitoramento e gerenciamento remoto (RMM) é inegável. Essas soluções permitem que os administradores de TI gerenciem todos os endpoints dos clientes e executem todos os recursos de monitoramento de rede a partir de um único console.

A questão principal para os MSPs é como escolher a ferramenta de gerenciamento de TI certa. Aqui estão algumas das caixas de seleção necessárias que eles precisam avaliar antes na hora dessa decisão:

Privacidade de dados

A principal prioridade dos MSPs ao procurar qualquer solução é gerenciar e manter a privacidade dos dados do cliente. Isso é essencial para construir a confiança deles e abrirá caminho para a expansão e retenção de uma base de clientes global. Para que a retenção do cliente e a construção da confiança sejam aperfeiçoadas, qualquer solução de monitoramento e gerenciamento deve manter a privacidade dos dados gerenciados na ferramenta. Não deve haver sobreposição entre duas redes de clientes.

Outro critério para manter a privacidade é estar em conformidade com vários regulamentos e diretrizes fornecidos em todo o mundo. Utilizar soluções que estão em conformidade com regulamentos como GDPR, ISO, CIS, HIPAA e POPIA permite que os MSPs promovam seus recursos de tratamento de dados como seguros e regulamentados.

Escalabilidade

Todos os negócios mudam com o tempo, frequentemente expandindo para novas áreas, e o mesmo ocorre com a rede de MSPs do cliente. A ferramenta RMM de um MSP precisa ser escalonável de acordo com os requisitos do mercado. Deve ser eficiente e ágil e oferecer flexibilidade no gerenciamento de toda a rede do cliente. Manter o desempenho, gerenciar endpoints e dispositivos de rede permite que os MSPs estejam preparados em todos os momentos para atender às necessidades dos clientes e aos SLAs mais rapidamente.

Suporte multi-platforma

Cada rede de clientes possui uma função e estrutura independentes. Em vez de depender de várias soluções para gerenciar diferentes sistemas operacionais, os MSPs precisam optar por uma única solução que atenda ao suporte multiplataforma. Além disso, o software com arquitetura multi-tenant ajuda os MSPs a lidarem com várias operações de rede simultaneamente a partir de um console central.

À medida que as organizações transformam digitalmente seu ambiente de TI, a adaptação à estrutura de rede dinâmica trazida pela mudança nos ambientes de trabalho seria simples e eficiente com uma solução tão perfeita.

Automação

A automação é a chave para cada MSP moderno. Os MSPs devem padronizar e automatizar os processos diários, como descoberta de rede, atualizações de patches e software, gerenciamento de falhas, monitoramento de desempenho de dispositivos, supervisão de ativos de TI e geração de relatórios para maximizar a produtividade de sua equipe.

A automação de funções como atualizações de sistema operacional e outras tarefas de manutenção de rede em ambientes de clientes permite que os MSPs melhorem a qualidade da entrega de serviços e executem operações remotas com mais rapidez.

Segurança

A segurança é sempre o fator subjacente quando se trata de gerenciar uma rede. Gerenciar e monitorar a TI dos clientes envolve procurar proativamente por ameaças de segurança na rede e identificar e corrigir vulnerabilidades assim que forem detectadas. Os MSPs precisam criar várias camadas de segurança, descobrindo falhas, implantando configurações de segurança, patches para aplicações, monitorando e configurando alertas e notificações em tempo real em caso de anormalidades para proteger os dispositivos de seus clientes de quaisquer ameaças cibernéticas que possam penetrar Rede de TI.

As soluções de RMM são a chave para o gerenciamento bem-sucedido de MSPs, e escolher a ferramenta certa é essencial para acelerar o crescimento e o ROI. O ManageEngine RMM Central é uma dessas ferramentas que permite aos MSPs descobrir, gerenciar, monitorar e proteger todas as infraestruturas de TI de seus clientes a partir de uma única solução. Ele unifica o monitoramento de rede e o gerenciamento de endpoint e fornece uma visão holística das redes de todos os clientes gerenciados.

Quer saber mais sobre RMM Central? Comece a explorar o produto com uma avaliação gratuita de 30 dias.

The post 5 fatores para avaliar em uma ferramenta RMM para o MSP moderno appeared first on ManageEngine Blog.

*** This is a Security Bloggers Network syndicated blog from ManageEngine Blog authored by Nayla Loik. Read the original post at: https://blogs.manageengine.com/portugues/2021/05/20/5-fatores-para-avaliar-em-uma-ferramenta-rmm-para-o-msp-moderno.html